Como improvisar?

Mensagem
Autor
Renato Gusmão
Mensagens: 5
Registrado em: 19 Out 2010 19:52

Como improvisar?

#1 Mensagem por Renato Gusmão » 01 Jan 2011 20:25

Olá, bom 2011 para todos. já toco a muito tempo, mais tocava teclado, a algum tempo mudei para um sax, gostaria de umas dicas, pois tenho um noção de partituras, conheço muitas escalas e formo qualquer acorde, tiro musicas de ouvido, solos eu tiro com facilidades e até crio melodias arranjos, pesos. Mais falar em improvisar ao tocar com os amigos no caso em tempo real não consigo desenvolver, Alguem poderia me dar um ajudar, Umas dicas por favor do que jogas nos acordes de uma nota para outra, só para eu pegar o geito depois dou os meus pulos. Desde já muito obrigado.



Ev.tinti
Mensagens: 161
Registrado em: 06 Jan 2010 17:17

Re: Como improvisar?

#2 Mensagem por Ev.tinti » 04 Jan 2011 16:13

Olá Renato....

Uma dica é você ouvir bastante uma música e tentar colocar alguns arranjos nela (não vale copiar) "de ouvidão mesmo" pode ser até um arranjo bem simples..... se puder, toca junto com a mesma. FLW!!! :wink:


Everton Tinti
"Deus pode fazer além do que possa imaginar"

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: Como improvisar?

#3 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 04 Jan 2011 20:06

Como diria o mestre ALTAMIRO CARRILHO, improviso não se aprende, se nasce com ele ! Por mais que se veja em métodos diversos, o máximo que eles podem fazer, é dar uma noção, um norte para aqueles que já nasceram com o dom do improviso, outrora chamado de talento !

A questão do improviso é peculiar a cada músico que possui este talento inato, assim como o verdadeiro VIBRATO, que é inato, diferente do falso vibrato que se ouve por aí, com alternâncias (oscilações) provocadas, não naturais da própria sonoridade característica de cada instrumentista !

Contentes ou não, contrariados ou não, satisfeitos ou não, esta é a mais pura verdade ! Tudo o que se pode conseguir, ainda que com o auxílio de métodos e de profissionais, é dar um 'empurrão' para os que já possuem esta habilidade natural ! É como se aprender a desenhar ou a pintar arte moderna: se você não nasce com estes dons, esqueça ! O que não significa que alguém que não os possua deixe de vir a se tornar um artista com sua particularidade !


Abraços !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

rogerioep
Mensagens: 4
Registrado em: 15 Nov 2010 23:59

Re: Como improvisar?

#4 Mensagem por rogerioep » 05 Jan 2011 08:36

bem, eu sou músico mas ainda não toco sax. estou esperando o meu chegar.
Mas sobre o assunto, conheço um músico que quando começou a tocar sax, usou as técnicas que já possuia de outros instrumentos, apenas adaptando ao sax. Ele improvisava bem pelo pouco tempo de sax (menos de 1 ano).
mas como falaram, Improviso não se aprende, nasce com ele.

Palavras de um leigo em sax



Avatar do usuário
Homero
Mensagens: 139
Registrado em: 23 Ago 2009 21:29

Re: Como improvisar?

#5 Mensagem por Homero » 05 Jan 2011 17:54

Algumas pessoas realmente tem maior facilidade, um talento natural na música, mas quem ão nasce, aprende..:-)

Eu recomendaria este livro:

Improvisação: Práticas Para a Composição Melódica

http://www.submarino.com.br/produto/1/2 ... o+melodica

Tem me ajudado bastante a entender a improvisação e a destravar os dedos.

Homero


Sax alto: Jupiter 567
Boquilhas: Jupiter 4C, Jewell Performance, Tom Krisley A7
Palhetas: Vandoren 1/5 e 2/5
Clarinete: Yamaha YCL 250
Boquilha: Yamaha 4c. B45 by Fuks, Vandoren Crystal A1
Palhetas: Vandoren 1/5 e 2
_______________________
Cognite Tute

Avatar do usuário
f.vecchia
Mensagens: 162
Registrado em: 14 Dez 2009 15:07
Localização: São José do Rio Preto - SP

Re: Como improvisar?

#6 Mensagem por f.vecchia » 05 Jan 2011 18:43

Esse tema (improviso) é realmente intrigante. Não é fácil e nos confunde inclusive no que diz respeito ao ponto de partida, ou seja, por onde começar os estudos (falo isso com a autoridade de quem sofre desse mal, mas tenta combatê-lo com unhas e dentes :lol:). São escalas, acordes e arpejos, intervalos... todos importantes, mas as vezes não sabemos ao certo quando e como utilizá-los. Quanto ao talento, o considero imprescindível sim... mas recomendo que não se desista do estudo do improviso alegando que não tem talento: as vezes ele somente ainda não foi descoberto. Acredito que o estudo e a persistência permitem que a gente descubra esse talento dentro de nós, que as vezes está escondidinho lá no fundo! Acredito que todos, potencialmente, têm talento... um mais outros menos. Quanto ao livro que o Homero recomendou, ele já havia sido recomendado a mim pelo guidosax em um tópico que criei perguntando sobre algumas sequencias longas que frequentemente ouvimos nas improvisações de bons saxofonistas (inclusive, a discussão lá ainda está aberta, apesar de pouco movimentada... e deixo o link para quem quiser contribuir: viewtopic.php?f=25&t=11273). Neste tópico, o marden me recomendou também outra obra que auxilia no desenvolvimento do improviso ("Elements of jazz language for developing improviser" - Jerry Coker). Não posso opinar pessoalmente sobre nenhum deles, porquê ainda não tive oportunidade de estudá-los... mas as recomendações vêm de usuários bastante confiáveis... deve ser coisa boa! Um abraço!


Felipe

"Entrega teu caminho ao Senhor; confia nEle, e ele tudo fará" (Salmo 37:5)

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: Como improvisar?

#7 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 05 Jan 2011 19:49

De fato, algumas coisas se aprende com o passar do tempo ! Inclusive MÚSICA ! Mas para quem já possui predisposição à MÚSICA, com certeza terá bem menos dificuldades e terá um diferencial quanto àqueles que não a possui ! Essa tal predisposição confere a seus portadores uma facilidade em desenvolverem-se, em evoluírem, sem o sacrifício que outros que não a possuem enfrentam !

Existem coisas que não se consegue adquirir, mesmo com o tempo ! Para quem não sabe, o mais hábil violinista consegue aproximar muito o som de seu violino do som doce de uma flauta ! Agora a pergunta: será que todos os excelentes violinistas o conseguem ou apenas os que possuem este dom ??? Mesmo que alguns violinistas passem anos e mais anos em cursos de pós-graduação e especializações, ainda assim não atingirão este nível pois é algo peculiar e raro, característico de pouquíssimos violinistas !

E se alguém ainda duvida da minha afirmação, apenas dê uma pequena olhadinha no que um de meus mestres mais antigos de flauta afirma: http://www.youtube.com/watch?v=eeTnRXKYLq0


Abraços !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#8 Mensagem por marden » 05 Jan 2011 20:32

Existe o dom como bem disse o carlinho da flauta mas há maneiras de amenizar e aprender um pouco ,a favor do que ele disse conheço músicos que estudam e estudaram a vida toda e soam como uma maquina de escrever e outros que não estudaram tanto e conseguem ter grove e sonoridade e noção de harmonia beirando a perfeição vai entender..Mas quem quiser insistir contra as injustiças de mãe natureza tem de ralar estudar escalas,arpejos,análise harmonica e por aí vai,quem sabe depois lá na frente dá para enganar um pouco.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#9 Mensagem por marden » 05 Jan 2011 20:33

OBS: EU COMEÇARIA(SE ESTIVESSE COMEÇANDO) ARRUMANDO UM BOM PROFESSOR DE HARMONIA.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

Avatar do usuário
f.vecchia
Mensagens: 162
Registrado em: 14 Dez 2009 15:07
Localização: São José do Rio Preto - SP

Re: Como improvisar?

#10 Mensagem por f.vecchia » 05 Jan 2011 21:39

Concordo com o amigo CARLINHOS DA FLAUTA e com o grande Altamiro Carrilho. E ao mesmo tempo com o marden. Eu acho que, na verdade, todos pensamos mais ou menos da mesma forma sobre os improvisos e, então, eu gostaria de detalhar melhor meu pensamento para ver se eles também concordam comigo :lol: ! Pode ficar mais fácil de entender o improviso se o comparamos com uma poesia e o músico com o poeta. Antes de compor grandes poesias, o poeta em potencial deve, primeiramente, aprender a escrever bem. Depois, deve ter um vasto vocabulário para poder organizar suas rimas. Deve, também, dominar a metrificação e a escansão dos versos e até mesmo uma possível musicalidade presumida. Sem esses conhecimentos, ele não estará apto a passar para o papel aquelas idéias que, efervescentes em sua cabeça, dariam uma boa poesia, por mais geniais que elas sejam. Estas técnicas, passadas para o âmbito do improviso, poderiam ser, por exemplo, o bom domínio sobre a mecânica do instrumento e sobre a Teoria Musical envolvida no processo (como as escalas, os acordes, os arpejos, o domínio dos centros tonais... enfim, a Harmonia, como bem mencionou o marden). Seriam, em outras palavras, o meio de que o músico se valeria para exteriorizar estas suas idéias musicais e que podem, muito bem, ser passados ao músico por algum professor (inclusive, o domínio deste ponto, dificilmente seria inato ou intuitivo, havendo a necessidade de estudo, seja com professor ou de maneira autônoma). Entretanto, não basta o domínio destas técnicas para que uma melodia improvisada seja composta naturalmente. Depois de aprender todas elas, temos que utilizá-las, respondendo àquelas duas questões que coloquei acima: QUANDO e COMO utilizar cada uma destas técnicas, organizando-as e encaixando-as, de modo a compor uma melodia de improviso? E isso, presumo que dificilmente veremos um professor ensinando a seu aluno de modo que este chegue a desenvolver naturalidade nisso, justamente porquê, como afirmaram CARLINHOS DA FLAUTA e Altamiro Carrilho, isso não se aprende, já se nasce com isso. A organização das técnicas aprendidas com o escopo da composição da melodia improvisada deve, portanto, partir do próprio músico, de sua personalidade musical (talvez isso seja a musicalidade, que é subjetiva), envolvendo o que alguns costumam chamar de feeling (sentimento em inglês). Em suma, estudar a teoria que há em volta dos improvisos não te ensinará a improvisar, mas te dará os subsídios necessários para que, utilizando-as da maneira que você (e somente você) julgar mais conveniente e agradável, se possa exteriorizar o seu talento inato (que não se aprende, compra, furta, etc.). E este talento, não saberemos quem tem ou quem não tem até que possa ser exteriorizado em alguma melodia. Por isso aconselhei a persistência no estudo da teoria musical que envolve os improvisos: se não tivermos como exteriorizar nossas idéias musicais nunca chegaremos a saber se temos o mencionado talento! Espero não ter falado muita borracha :lol:! Abraços!


Felipe

"Entrega teu caminho ao Senhor; confia nEle, e ele tudo fará" (Salmo 37:5)

Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#11 Mensagem por marden » 05 Jan 2011 21:49

Já que o Carlinhos citou um mestre vou citar outro grande,na década de 80 fiz 3 aulas com hermeto pascoal na escola do milton (milton nascimento grande compositor e maior ainda como cantor)Eu tinha lá meus 15 para 16 anos ele falou improvisa meu filho,eu todo ressabiado com medo e diante de um grande ídolo meu(eterno ídolo)tremendo nas bases e percebeu meu medo e minha angústia diante de quem eu muito admiro veio e me disse com toda generosidade -Sopra meu filho sopra que isso daí tem som e só não toca quem não quer.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: Como improvisar?

#12 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 05 Jan 2011 22:48

Em suma, o que quero dizer é que, ainda que nem todos tenham nascido com o dom, não se deve desistir de seus objetivos, reconhecendo, no entanto, suas limitações, buscando suprir estas 'ausências' com o mais próximo que se pode chegar daquilo que se vê ou se ouve ! E até mais: buscando uma particularidade, uma peculiaridade, aquele toque pessoal que só você sabe alcançar ou atingir !

Nota-se que nenhum flautista é igual a outro ! E que cada um possui sua peculiaridade, seja na sonoridade, na técnica, na agilidade, no vibrato e outros pontos ! Quando falamos sobre este assunto, da maneira como abordo, me remete à questão do TIMBRE, que é pessoal, e pelo qual determinado músico é reconhecido só de ouvi-lo ! E isso se aplica ao improviso !

Portanto, reconhecendo e respeitando suas limitações, que cada um encontre seu ponto de equilíbrio !


Abraços !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
kleber_marques
Mensagens: 747
Registrado em: 22 Jun 2006 14:43
Localização: Americana / Campinas
Contato:

Re: Como improvisar?

#13 Mensagem por kleber_marques » 07 Jan 2011 14:24

marden escreveu:Já que o Carlinhos citou um mestre vou citar outro grande,na década de 80 fiz 3 aulas com hermeto pascoal na escola do milton (milton nascimento grande compositor e maior ainda como cantor)Eu tinha lá meus 15 para 16 anos ele falou improvisa meu filho,eu todo ressabiado com medo e diante de um grande ídolo meu(eterno ídolo)tremendo nas bases e percebeu meu medo e minha angústia diante de quem eu muito admiro veio e me disse com toda generosidade -Sopra meu filho sopra que isso daí tem som e só não toca quem não quer.
é primo... e você continua soprando até hj!!!

abração!!! Feliz 2011!!!


Kleber Marques (Samurai :wink: )
SN - Yanagisawa
S - Selmer SA80 ii
A - Selmer SA80 ii
M - Buescher Prata
T - Selmer MK-6 e MK-7
B - Conn 12M

"O importante não é o que se leva da vida, mas sim a vida que se leva!!!"
kleber_marques@yahoo.com.br

Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#14 Mensagem por marden » 07 Jan 2011 14:40

Prucevê! Ainda aprendendo até hoje...........Bacana ! Feliz ano novo para nóis primo grande abraço na familia.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

renato nogueira
Mensagens: 373
Registrado em: 08 Dez 2009 17:46

Re: Como improvisar?

#15 Mensagem por renato nogueira » 07 Jan 2011 15:33

Meu professor ministra um curso de Improvisação Musical, destinado aos profissionais aqui em Fortaleza. Não apenas aos saxofonistas, mas aos de diversos outros instrumentos.
Ainda não tive acesso a essas aulas, apenas escutei algumas à distância.
Mas o pouco que consegui ouvir me fez perceber que é uma coisa fenomenal!!!
Existe uma ciência ali. Existe algo passível de ser realmente aprendido e trabalhado.
Ele já me comentou que a maior parte dos músicos costuma fazer o improviso de forma "improvisada", ou seja, vão fazendo por intuição. Ouvem alguém tocando algo legal, tentam repetir, conseguem e vão reproduzindo meio sem reflexão.
E aquilo que começa como "criatividade" acaba, com o tempo, redundando em limitação. O cara chega até um certo ponto e dali não passa mais.
É nessas horas que o estudo e o conhecimento faz a diferença, pois ele abre a possibilidade de novos caminhos, novas alternativas.
As técnicas de Improvisação podem ser aprendidas, sim, e se constituem em ferramentas importantes para os músicos.
Alguém afirmou, anteriormente, que improvisar é "o mesmo que aprender a fazer pintura moderna". Disseram isso como uma espécie de argumento para sustentar que a Improvisação não se aprende já que não seria possível aprender a pintar utilizando as técnicas contemporâneas. Isso é um equívoco. Eu já cursei uma faculdade de artes plásticas e garanto que embora a pintura contemporânea pareça nascer do puro acaso, existem diversas técnicas e meios para se atingir determinados efeitos e resultados. Não é somente jogar a tinta e tudo está feito. Essa é uma análise muito superficial e rasteira.
Disseram também que tudo depende de "Talento" e citaram, até, alguns grandes nomes da música para respaldar as afirmações.
Cito, então, Beethoven, inegavelmente um dos maiores compositores de todos os tempos, sinônimo de Música, para alguns. Ele foi o autor da célebre frase: "minha arte é fruto de 20% de inspiração e 80% de transpiração".
Ou seja, é necessário ralar!!! É necessário estudar!!!! Nada que se aprende se perde!!! Ninguém pode dizer que se basta ou que já sabe tudo (e se disser, coitado).
Não existe sensação mais libertadora do que o aprendizado de algo novo. Foi isso que me trouxe, por exemplo, ao sax.
Grande abraço.



silvadhx
Mensagens: 2
Registrado em: 07 Jan 2011 17:06

Re: Como improvisar?

#16 Mensagem por silvadhx » 07 Jan 2011 17:23

você ecuta uma musia varias vezes eu recomendo cd a parte que você não entende você volta e escuta melhor e tentar improvisar;nimguem improvisa sem conhecer bem amusica então antes de improvisa estude e conheça mais amusica



jansenjj
Mensagens: 6
Registrado em: 30 Out 2010 18:48

Re: Como improvisar?

#17 Mensagem por jansenjj » 07 Jan 2011 18:04

Basicamente IMPROVISAR é saber conversar atravez do instrumento, para que você saiba falar terá que saber as letas as formações das palavras, iqualmente é improvisar, tem que saber as notas, arpejos e escalas etc...

EX: papagaio sabe ler rsrsr?
não, mais fala!!! ele apenas repete o que escuta mais não sabe o que esta fazendo!!

por isso acontece de varios saxofonistas pensarem que improvisam, mas na verdade são como papagaio.... não sabe o que esta fazendo...


Então o seguedo é esse,as letras, aprender as palavras, depois aprender ler, aprender as primeiras palavras mais importantes e depois o dicionario completo, e aí sim começar a montar suas proprias frazes para falar o que esta dentro de você....


estou nas letras ainda, mas um dia chego lá rsrsr

um grande abraço a todos!!!



Avatar do usuário
guidosax
Mensagens: 2167
Registrado em: 20 Dez 2008 12:32

Re: Como improvisar?

#18 Mensagem por guidosax » 07 Jan 2011 18:08

Homero escreveu:Algumas pessoas realmente tem maior facilidade, um talento natural na música, mas quem ão nasce, aprende..:-)

Eu recomendaria este livro:

Improvisação: Práticas Para a Composição Melódica

http://www.submarino.com.br/produto/1/2 ... o+melodica

Tem me ajudado bastante a entender a improvisação e a destravar os dedos.

Homero
Bom livro Homero tenho o vol 1 e 2, boa dica, abraços.


O sucesso de sua meta depende unica e exclusivamente de sua determinação em alcançá-la

Avatar do usuário
f.vecchia
Mensagens: 162
Registrado em: 14 Dez 2009 15:07
Localização: São José do Rio Preto - SP

Re: Como improvisar?

#19 Mensagem por f.vecchia » 07 Jan 2011 18:17

Uma das partes boas deste tópico é que ele nos motiva a estudar: somos capazes então vamos correr atrás! Abraços!


Felipe

"Entrega teu caminho ao Senhor; confia nEle, e ele tudo fará" (Salmo 37:5)

Avatar do usuário
Otavio Lucas
Mensagens: 169
Registrado em: 18 Ago 2008 15:05
Contato:

Re: Como improvisar?

#20 Mensagem por Otavio Lucas » 07 Jan 2011 20:24

Só vou dar um relato do que aconteceu comigo.
Estava tocando sax com meu primo, meu amigo e meu pai, respectivamente na bateria, percussão e contrabaixo. Aí eu comecei a improvisar. Todos pararam e olharam para mim dizendo: "eu não entendi nada do que tu tocou!"
E eu me perguntei: "e tem que se entender? Música é música, não é texto! Não tem que se entender!"
Depois, após uma reflexão, eu descobri que o improviso tem que dizer alguma coisa, mas não ser apenas uma sequência de notas ritmadas. Assim como no texto, a sequência de notas deve ter coerência e coesão e, para ser útil, tem que dizer algo de importante e expressivo. É isso...

Abração!


Sax Alto - King 660 (década 1970)
Boquilha JAF A37
Vandoren Java/Fibracell 3

Sax Tenor - Conn 10M (Lady Face, 1951)
Boquilha JAF T7
Rico Royal/Vandoren Java 3

Mic Yoga EM-715
Pré-amp Behringer Mic100 c/ Phantom Power
Mod. de Efeitos Alesis Nanoverb

renato nogueira
Mensagens: 373
Registrado em: 08 Dez 2009 17:46

Re: Como improvisar?

#21 Mensagem por renato nogueira » 08 Jan 2011 11:01

Pois é, música é texto.
Tem que ter coerência e não apenas um amontoado de letras desconexas.
Se improvisar fosse uma coisa tão fácil e evidente, não haveria como diferenciar um Dexter Gordon de um Zé Mané qualquer (como eu, por exemplo :lol: )
Por falar em Dexter Gordon, o que era aquilo, pelo amor de Deus? O cara era uma máquina! Era perfeito!!! Ele não se utilizava de uma grande quantidade de notas, mas cada uma era escolhida com maestria. Não poderia existir outro lugar no mundo onde aquela nota se encaixasse com tanta propriedade.
Eu costumo dizer que ele foi para o céu só por causa da versão de "I´m a Fool to Want You", gravada em 1965, e que tem dentre outras, um fantástico solo de trompete de Freddie Hubbard. Simplesmente espetacular!!!!



Avatar do usuário
fabiofvs
Mensagens: 54
Registrado em: 01 Dez 2009 17:52
Localização: Estrela d'Oeste/SP

Re: Como improvisar?

#22 Mensagem por fabiofvs » 18 Jan 2011 16:35

Bom, sempre gosto de lembrar que sou amador, mas com um tempo de música e observador.

Ao colega Renato Gusmão, que criou este tópico, não lhe dou uma resposta como imagino que gostaria, com uma solução pronta.

Nâo existe msm segredo para se aprender a música, assim como ciência, história e qualquer outra coisa, o negócio é estudar e dps estudar mais e pesquisar para descobrir o velho e o novo. Compre livros de harmonia, essa é essencial para o improviso, pois você deve improvisar entrosado com o os outros músicos ou msm sozinho você tem que estar entrosado com o tom da música, óbvio. E o resto é o que o pessoal falou aí, estudar muito escalas, arpejos, tonalidades (todas), exercitar msm, sempre! Com isso você adquire a base técnica para improvisar. Lembrando que é sempre melhor ter o auxílio de um competente professor. Porém, o principal é você.

Agora, não esqueçamos que improviso, como o pessoal deixou transparecer, vem de dentro, então temos que desenvolver não só embocadura e dedos. E o ouvido e a mente? Estes são principais. É claro que se quiser improvisar algo extraordinário a parte técnica tem que estar tinindo. Mas, como o colega observou sobre o músico Dexter Gordon (não o conheço muito, mas procurarei ouví-lo mais dps desse comentário) ele coloca as notas certas no lugar certo, no tempo certo, "Não poderia existir outro lugar no mundo onde aquela nota se encaixasse com tanta propriedade". Será que a escolha dessas notas perfeitamente colocadas veio de seus dedos ou de sua mente em conjunto com seus ouvidos? Ele poderia tocar uma melodia lenta, que não precisasse de muita técnica para tocar, mas se não tivesse a mente desenvolvida para o improviso e porquê não dizer até um bom gosto para este ele não saberia escolher bem a tal noda perfeitamente adequada. Sacam? Então, para ajudar nisso só tem um caminho, além do estudo constante, é claro: ouvir muito. Ouça muito o estilo que você gosta e outros tbm para poder importar alguma que seja legal. Com o tempo você desenvolve a parte técnica e tbm a criatividade, aí o improviso tem todo o alicerce necessário para florescer e florescer com qualidade.
Então, concluo que o negócio é estudar e ouvir muito!

Improvisar com consciencia, esse é o X da questão e exige muito da gente msm. Mas creio que o que eu e os outros colegas disseram seja o único remédio. Ou... um milagre, tipo o de transformar água em vinho, transformar o amador (eu) num profissional como o Eric Marienthal, para Deus tudo é possível. Fica aqui meu pedido, Senhor, rsrsrs.

Abraços e fiquem na paz.


Sax Alto Selmer Super Action 80 II, boquilha Beehcler Bellite 7 Custom Eric Marienthal, palheta Vandoren tradicional 2.

Elevo os meus olhos para os montes. De onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra

isaax
Mensagens: 179
Registrado em: 07 Set 2009 03:05

Re: Como improvisar?

#23 Mensagem por isaax » 18 Jan 2011 16:58

Interessante,
Acho que esse é o carma definitivo de todo saxofonista, a dita improvisação. Muita gente deve conhecer um carinha de nome JAMEY AEBERSOLD, pois então, este dito cujo foi condecorado e premiado em diversas academias, faculdades e países pela sua área de pesquisa: improvisação. Ele diz o seguinte: todo mundo pode improvisar.

Algum tempo atrás existia uma video-aula dele intitulada improvisação para todos os instrumentos(extinta), onde ele demonstrava o raciocínio do improvisador. Eu tinha uma em fita cassete, me deram um tomé e nunca mais me devolveram!!

Enfim, para resumir. Se você estudar métodos etc etc, você pode sim ser um bom improvisador mesmo sem ter o DOM de nascência, uma vez que no mundo musical diligência pesa muito mais que habilidade nata.

É uma falha na metodologia tradicional de se aprender música, porquê você poderia desde o começo ser estimulado a improvisar, mas nãããããoooo, esta é a última matéria que você vai ver num conservatório tradicional.

Paciência, todo mundo pode, não desista e se encontre no seu instrumento, quando menos esperar chega!!!



isaax
Mensagens: 179
Registrado em: 07 Set 2009 03:05

Re: Como improvisar?

#24 Mensagem por isaax » 19 Jan 2011 09:26

PS: O improviso é o reflexo da maturidade musical do músico.
Todos tentam ser crianças-maduras esquecendo que isso leva tempo, mas não se acomode ou acabará sendo um velho-infantil, ou seja, só vai azucrinar os outros.



Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: Como improvisar?

#25 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 24 Jan 2011 12:27

Bem, RENATO NOGUEIRA, insinuações não ficam nada bem para quem reluta em nadar contra a correnteza ! Como todos do Clube do Sax sabem e já me conhecem, não gosto de tumultos e fujo de contendas loucas sem um mínimo de fundamento ! Todavia, me soaram como muito invasivas e ofensivas as afirmações do sr. Renato !

Bom, para início de conversa, minhas afirmações não são baseadas em teoremas sem comprovações científicas, musicais e presenciais, sejam elas pessoais ou testemunhais ! Devemos ter um mínimo de cuidado ao selecionarmos nossas palavras afim de não quebrarmos a harmonia quase que fraternal que aqui deveria imperar ! Tal falta de cuidado pode gerar más repercussões !

Sobre a questão da pintura, segundo sua afirmação convictíssima, um quadro pintado por você valeria o mesmo que um Van Gogh ou um Portinari, não é isso ??? Afinal, as técnicas foram assimiladas e o mercado o reconhece como um Da Vinci !!!!

Minhas afirmações são alicerçadas em minha vida musical e profissional, com ou sem respaldo de outros colegas de trabalho ! Até porquê tenho minha posição, minha postura, meu caráter, minhas avaliações e conclusões !

Para quem não sabe, BEETHOVEN (Ludwig Van Beethoven), conhecido como o surdo de Bonn, ainda bem novo, já dominava técnicas variadíssimas, dom mesmo ! Outrossim é que BEETHOVEN não precisou estudar o que MOZART estudou ! Isso seria o quê exatamente ??? Não seria dom ou talento nato ???
Todavia, o fato de MOZART ter se esforçado muito para alcançar o auge ser reconhecido não tira o seu brilho ! Mas com certeza teve que 'ralar' muito para atingir um nível satisfatório e reconhecido musicalmente, coisa que não aconteceu com BEETHOVEN pois seu aprendizado lhe era algo natural !

Agora, alguém por aqui desestimulou outrem por não possuir, sim, o DOM ??? Alguém aqui citou que deve-se desistir da MÚSICA por este fato ??? Alguém mencionou que não se deve estudar ??? Me poupe, please !!!! Ah ! Para a verdadeira criatividade não há limites !!!!

A diferença entre o músico e o aspirante a músico é exatamente essa: o músico de verdade sente a música; o amador a lê ! Inclusive, para o que nasce com a improvisação nas veias, a MÚSICA flui naturalmente, enquanto que o que tenta chegar à improvisação de verdade, vai que vai empurrando para ver se chega lá !

Mas aconselho a todos a estudar sempre, independentemente de se ter o dom ou não pois muitas surpresas podem surgir em sua caminhada ! Inclusive a de se aceitar as coisas que foram criadas naturalmente !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

renato nogueira
Mensagens: 373
Registrado em: 08 Dez 2009 17:46

Re: Como improvisar?

#26 Mensagem por renato nogueira » 15 Fev 2011 23:52

Caro Carlinhos da Flauta,
Primeiramente, desculpe-me por não ter-lhe respondido antes. Somente agora, entretanto, é que li suas colocações um tanto ácidas dirigidas à minha pessoa.
Na realidade, não sei o que o levou a tal atitude, tendo em vista que em momento algum tive a intenção de lhe ser rude, ou desrespeitoso.
Sinceramente não encontrei em minhas palavras o que lhe causou tanta consternação.
Expus, apenas, um ponto de vista diferente do seu e creio que isso não seja proibido neste fórum, ou, quiçá, neste país.
Apresentei, igualmente, argumentos que embasam meus pensamentos.
Você não é obrigado a aceitar minhas opiniões e, nem mesmo, aceitá-las.
Mas acredito que já sou adulto o suficiente para ser respeitado e, sobretudo, não ter que receber, gratuitamente (diga-se), um "puxão de orelhas" público a exemplo de seu texto a mim endereçado.
Faço parte há mais de um ano deste fórum e poucas vezes tive que escrever palavras como estas para defender-me de pessoas que compreenderam errado minhas afirmações e já partiram para o ataque sem qualquer espécie de reflexão maior.
Conforme você mesmo escreveu, não há espaço neste fórum para esse tipo de comportamento capaz de quebrar a tão cara harmonia aqui reinante.
Outra coisa, evite utizar-se de palavras escritas em negrito. Elas dão a impressão de que você está alterando o seu tom de voz. Eu lhe informo, entretanto, humildemente, que não tenho o talento do citado Beethoven e muito menos sua surdez. Desta feita não preciso de ninguém gritando comigo.
Espero que possamos nos entender melhor, apesar da aparente divergência entre nossos pensamentos.
Grande abraço,
Renato Nogueira



Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: Como improvisar?

#27 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 16 Fev 2011 10:28

Bem, eu poderia fingir que nada li e tentar esquecer-me do que foi citado. No entanto, eu aguardava uma postura sua mais ética, tratando o assunto de forma privada ! Ainda mais em tendo o sr. enviado-me uma M.P., o que, na minha visão, deveria ser aguardado um retorno, e, não dar continuidade ao que você mesmo classifica como 'um mal entendido' !

Mas já que preferiu aqui expor-se, postarei o que lhe dei como resposta à sua M.P. de igual teor e conteúdo à sua postagem aqui emcima:

'Sr . RENATO,

minha educação depende da sua ! No caso de utilizar o negrito afim ressaltar o que tenho a expor , não há como assinalá -las como estando em alto tom de volume ! Até porquê palavras escritas não soam alto ! Se alguém aqui fez alguma ácida colocação , esse alguém foi você, quando asperamente disse que minhas afirmações eram infundadas , utilizando- me de citações de outros mestres do mundo musical ! Agora você me diz se passar por vítima ?!?! Suas colocações foram , no mínimo, vexatórias !

Respeito todas as opiniões , desde que não sejam ofensivas e invasivas , como foi o seu caso ! Sempre porto -me de maneira gentil e educada aos que assim me fazem ! Raríssimamente aborreço -me com alguém !

Poderia eu ficar a citar toda a minha história musical , minha experiência e meu currículo . No entanto não serei indelicado, arrogante , soberbo , antiético e presunçoso ! Digo isso para que você tenha uma pequena noção de que nem todos os que escrevem neste espaço virtual são amadores ou iniciantes, mas profissionais que já tiveram suas teses apresentadas e aceitas, contribuindo , assim , para o enriquecimento musical de muitos !
Portanto, minhas afirmações possuem um embasamento técnico -científico , não apresento aqui ' achismos' ou pretensões ! E não somente eu , mas outros profissionais , como o ALEX FREITAS , o EDU AMARAL, o LEO FUKS e alguns outros que aqui freqüentam !

Não tenho a intenção de menosprezar ninguém ! Mas também exijo o mesmo de outrem em relação à minha pessoa ! Não busco alongar -me em contendas !

Sendo assim , espero ter lhe esclarecido minhas colocações , ressaltando, mais uma vez , que apenas defendi -me de julgamentos precipitados ! Leia e releia o que postastes e entenderás ! Também , não lhe dei ' puxão de orelhas ' ! Às vezes , escrevemos o que queremos e lemos o que não queremos. . .

Selemos a paz e busquemos auxiliar a quem precisa , ao invés de perdermos nosso valioso tempo com vãs discussões !

Abraços !'

Esta foi a resposta à M.P. que me enviaste recentemente ! Espero que ninguém queira distorcer minhas palavras quando falo de profissionalismo e amadorismo, até porquê nunca desprezei ninguém em toda a minha vida musical, mas pelo contrário: sempre citei aqui que todos estamos em constante evolução, desde que queiramos crescer ! E até hoje aprendo com meus alunos e com outros instrumentistas iniciantes, enriquecendo-me, assim, ao descobrir novas visões, novos caminhos, novos talentos !

Todos os que aqui aportam, com o intuito de aprender, somar, dividir/compartilhar suas experiências, são mais do que bem-vindos ! O que para mim ou você pareça ser enfadonho, para outro, pode ser a solução que tanto buscava !

Ninguém aqui é melhor ou maior do que qualquer um ! Mas 'cada um no seu quadrado' ! Respeitemo-nos uns aos outros e também à experiência que alguns tenham por 'mais quilômetros rodados' !
Continuo respeitando-te, na esperança de que, se eu mesmo precisar, possa também contar com sua colaboração, e você, idem !


Abraços !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#28 Mensagem por marden » 16 Fev 2011 10:38

Bom acho que a intenção dos dois é o cescimento musical e não tem sentido ficar brigando,mal entendidos e opiniões contrárias são comuns nos debates,vamos acalmar e ter uma relação cordial.Selemos a paz e busquemos auxiliar a quem precisa ,temos um valoroso espaço com pessoas dispostas sinceramente a ajudar,conto com a compreenção dos dois e sigamos em paz que é melhor para todos.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

renato nogueira
Mensagens: 373
Registrado em: 08 Dez 2009 17:46

Re: Como improvisar?

#29 Mensagem por renato nogueira » 16 Fev 2011 10:38

Eu lamento, mas desde já informo que farei uma denúncia formal contra o senhor à moderação deste fórum.
Já havia informado ao Marden a respeito de suas colocações infudadas, e, tendo em vista que o senhor insiste em me atacar, então só me resta proceder desta forma.



Avatar do usuário
marden
Mensagens: 3144
Registrado em: 17 Jun 2006 13:24
Localização: geraes

Re: Como improvisar?

#30 Mensagem por marden » 16 Fev 2011 10:42

Vamo com calma gente,estamos em familia musical.Vamo agir com tranquilidade e bom senso para poder melhor seguir adiante.


A imaginação consola os homens do que não podem ser; o sentido de humor consola-os do que são.
Tenor SAI boq dukoff hollywood 7
Soprano gatemouth boquilha norberto cópia da selmer super session

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes