Tintas para pintar Sax

Mensagem
Autor
JuniorStresser
Mensagens: 4
Registrado em: 24 Set 2013 16:45
instrumento: Sax

Tintas para pintar Sax

#1 Mensagem por JuniorStresser » 24 Set 2013 16:48

Ola senhores, gostaria de saber qual a tinta ideal para pintar um saxofone, e onde conseguir?



Avatar do usuário
regi_pr10
Mensagens: 67
Registrado em: 10 Mai 2010 10:21
Localização: jandira - SP

Re: Tintas para pintar Sax

#2 Mensagem por regi_pr10 » 26 Set 2013 14:32

Amigo saxofone nap se pinta, o que você pode fazer e deplacar ou ate mesmo mandar dar um banho, porem soum profissional qualificado conseguira fazer isso



daniel b. ferreira
Mensagens: 514
Registrado em: 02 Ago 2010 17:51

Re: Tintas para pintar Sax

#3 Mensagem por daniel b. ferreira » 26 Set 2013 17:01

O Melhor é a Tinta automotiva, e adeus ao sax????


Felicidade a todos colegas.

Sax Baritono Amati ABS 31
Alto Yamaha 62
Boquilha Ever-ton anel 6 Yamaha 05*
Palheta Vandoren 2 Platicover 2/5

JuniorStresser
Mensagens: 4
Registrado em: 24 Set 2013 16:45
instrumento: Sax

Re: Tintas para pintar Sax

#4 Mensagem por JuniorStresser » 22 Nov 2013 13:27

Valeu,

muito obrigado.

comprei um Sax novo mesmo..



Avatar do usuário
Paulo Giovani
Mensagens: 845
Registrado em: 13 Dez 2009 05:49

Re: Tintas para pintar Sax

#5 Mensagem por Paulo Giovani » 04 Dez 2013 10:58

Ué?! Parece que esse tópico esta no lugar errado?!... Mas voltando ao assunto, a tinta automotiva funciona mas muda o som do sax... Já ví pintura com esmalte sintético também, mas também muda o som...



Avatar do usuário
condealisson
Mensagens: 347
Registrado em: 20 Mai 2014 11:43
instrumento: Sax Alto/Tenor/Sop
Localização: Apucarana-PR

Re: Tintas para pintar Sax

#6 Mensagem por condealisson » 17 Abr 2015 13:24

Olá a todos!

Como pesquisei um pouco sobre o assunto vou deixar aqui o que descobri sobre pintura de saxofones (e outros sopros de metais), não tenho experiência apenas pesquisei e li muito sobre pintura em metais, instrumentos em geral, li, li e reli rsrsrs
Podem comentar, corrigir, tudo que puderem somar será de grande valia, e espero ajudar um pouco a comunidade com essas informações.

Primeiramente saibamos que a pintura influencia diretamente no som do instrumento.

Para remover a pintura de um sax é usada uma solução de ácido muriático (clorídrico) diluído com água que removerá o verniz (laca), alguns usam soda caustica, e depois lavar em água corrente abundantemente, após mergulhar em uma solução de bicarbonato de sódio e água para neutralizar o ácido.

Depois é necessário uso de tíner para remover a tinta e poder deixar na lata, por imersão, esses processos podem levar várias horas.

Também é necessário uso de primer diferenciado para metais para preparar a superfície para pintura e proteger a lata do sax, e evitar ferrugem e oxidação também, (tem um importado que encontrei em um artigo: Rust-Oleum Etching Primer [possui ácido fosfórico na composição]), ou até mesmo decapagem para limpeza da superfície antes do primer.

Para pintar é usada tinta laca nitrocelulose, é utilizada para certas pintura automotiva e em moveis de madeira, mas não é muito fácil de encontrar (geralmente é importada), outras tintas ficarão, além de outros agravantes, muito grossas e vão prejudicar a sonoridade do instrumento; no exterior é vendido um Lacquer, uma marca que encontrei é a Rust-Oleum, em spary que serve para este fim (http://www.finishing.com/316/05.shtml) neste link tem a foto do que acredito ser uma tuba pintada.

Depois de pintado e seco (tem que ser na pistola de compressor a pintura) aplica-se o verniz (laca) nitrocelulose para dar o brilho, em finas camadas para evitar perca de sonoridade.

Também li num post do JansenSax que ele utiliza fundo (primer) e verniz para metais não ferrosos nos instrumentos por ele personalizados.

Podem ser usadas outras tintas de metal, desde que permitam um bom acabamento mais combinado com um uma fina camada para não interferir na sonoridade.

Parece simples mas os banhos para retirar a tinta são muito demorados e altamente químicos e perigosos para manuseio, se não forem precisos e na temperatura certa pode-se perder o instrumento corroendo a lata.

Espero ter ajudado, Jesus ama vocês!


Jesus te ama!

Eagle 500VG
Jupiter 587GL
Eagle 502N
Boquilhas: Barkley Pop Kustom #8 (alto/tenor) Bari 72 (sop)
Palhetas: Légère Studio Cut (alto/tenor) Légère Classic (sop) #2.5 | Fibrreed Onyx M (ten)
Abraçadeiras: FL Ultimate Brass XL
Mic: Arcano AM-S1

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante