FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

Mensagem
Autor
Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#1 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 23 Nov 2008 20:14

- continuação -

# ENCAIXE DAS PARTES - Enfim, é hora de encaixarmos as partes apresentadas. Deve-se ter o cuidado de não tocar-se o MECANISMO para que não danifique o mesmo. Lembrando que todas as partes devem ser muito bem seguras, bem firmes.
A CABEÇA deve ser segura na altura do PORTA-LÁBIO, encaixando-a no CORPO (que deve ser seguro aproximadamente na MARCA TIMBRE, também bem firme). A cabeça deve ser girada de um lado para o outro até seja encaixada por completo no corpo. O deve ser encaixado da mesma forma, tomando-se o prévio cuidado para não tocar o mecanismo do mesmo. Gira-se então o pé para um lado e para o outro, até que haja perfeito encaixe de ambas as partes. Feito todo este processo é hora de desfrutar da maravilhosa experiência que é tocar uma FLAUTA TRANSVERSA ! Lembrando que todo o estudo, todo o desenvolvimento, deve ser acompanhado por um professor, que o auxiliará e o ajudará a extrair tudo o que sua flauta pode lhe proporcionar !
Bem, chega de conversa e vamos nos divertir ! Afinal, a Música deve ser encarada como um divertimento, algo que deva ser feito com amor e prazer, inclusive como profissão !

Abraços ! :wink:
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

leandro
Mensagens: 97
Registrado em: 20 Mar 2007 21:46
Localização: Rio de Janeiro - Brasil

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#2 Mensagem por leandro » 01 Mar 2009 04:52

Grande Carlinhos.........
sem palavras........... excelente trabalho!!!!
estou querendo ingressar no mundo das flautas e seu material foi uma aula e tanto!!!!!!!!!!!
parabens!!! (reverencia) (reverencia)


Soprano Curvo Eagle
Yanagisawa metal 7
Teclado Roland JV90
Bateria Eletronica Staff Drum Alesis D4

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#3 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 02 Mar 2009 09:15

Ô, Leandrão ! Por nada, amigo ! Que bom que tenha gostado ! Afinal de contas, estamos aqui para facilitar a compreensão do estudo musical, facilitando sua compreensão e criando uma concepção de que Música é algo prazeroso, mesmo com dificuldades encontradas no percurso, o que é super normal !

Assim, espero que você venha para o mundo flautístico o mais breve possível pois serás muito bem-vindo ! Realmente fico mui feliz quando alguém demiosntra interesse, afeição ou curiosidade pela flauta ! Nós, flautistas, estamos aguardando sua chegada à turma do "bico fino" ansiosos !

Abraços, amigão !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
Estevão Villalba
Mensagens: 35
Registrado em: 14 Out 2009 13:15

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#4 Mensagem por Estevão Villalba » 05 Nov 2009 12:07

(reverencia) Grande Carlinhos.........
Sem palavras........... excelente trabalho!!!! [2]

Interessante: Toco flauta há 32 anos ( somente de ouvido ), li suas lições e percebi que ainda tenho muito a aprender !

MUITO OBRIGADO !
:lol:


Sax Tenor : Yamaha YTS 62, Michael, Werill Master
Sax Alto : Yamaha YAS 62, P. River, Bentley 90

Boquilhas : Ivan Meyer, C. Lakey, Selmer, Yamaha

Flauta Trans.: Yamaha , Michael

Violão Flat : Tagima

zenjuizo
Mensagens: 3
Registrado em: 02 Dez 2010 13:46

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#5 Mensagem por zenjuizo » 02 Dez 2010 15:27

Carlinhos gostei muito e por sinal foi muito esclarecedor para nós amantes da flauta transversal.
Gostaria de fazer-lhe perguntas:
Se soprarmos apenas a cabeça (bocal) da flauta qual nota deverá ser emitida? Já esclarecendo que a cabeça deverá estar ajustada devidamente.
Fiz esse teste e no primeiro harmonico soou a nota A, de acordo com o afinador eletronico; no segundo harmonico soou a nota E.
Diga-me se estou certo, a cabeça do flauta é afinada em A e seus respectivos harmonicos E e C#?

Muito obrigado!!!!



Avatar do usuário
joaosmoreira
Mensagens: 19
Registrado em: 18 Set 2010 21:41

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#6 Mensagem por joaosmoreira » 15 Dez 2010 17:00

Grande Carlinhos,

Obrigado por sua dedicação, disponibilidade e generosidade.

Grande Abraço,

João.



Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#7 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 17 Dez 2010 10:26

Muito obrigado, JOAOSMOREIRA ! Mas nada que fuja do sentimento comum que aqui nos une: ajudar e ser ajudado, afinal de contas, estamos em constante aprendizado, não é mesmo ? E bem sei que precisp e ainda precisarei muito da ajuda de todos vós, meu nobre companheiro !


ZENZUIJO, agradeço também, amigo ! Vamos ao seu questionamento: você quer saber se o som emitido apenas pela cabeça da flauta corresponde ao diapasão, não é isso ? E quais os seus harmônicos, estou certo ?
Bem, a afinação das flautas soprano se dá no LÁ UNIVERSAL, que é o LÁ comumente utilizado como diapasão ! Há fabricantes que afinam com pequeníssimas variações de altura deste Lá, como ocorre com as cores, havendo vários tons de um mesmo azul, só para se ter uma idéia, compreende ? O LÁ que utilizamos na afinação dos instrumentos musicais é o LÁ 440 (Hz), o que significa que esta nota vibra 440 vezes por minuto ! As variações desta nota, utilizadas por diversos fabricantes, correspondem a 442 e 443, como exemplos, mas há ainda outras variações ! Agora, quanto aos HARMÔNICOS, alcançados através de um fenômeno chamado SIMPATIA, na flauta, obedecem a intervalos de QUINTA ! Como exemplo, te cito o seguinte: se você emitir o DÓ3 da flauta soprano, com a mesma posição que emite esta primeira, ao direcionar o jato de ar mais precisamente e mais intensamente, alcançará o primeiro harmônico (primeira parcial), que é o SOL3. Ao 'forçar' um pouco mais, atingirá a freqüência de RÉ4. E por aí vai, dependendo da qualidade da flauta e da habilidade do flautista !

Perdoe-me se faltei com alguns detalhes mas é uma forma muitíssimo resumida de explicar como funciona este fenômeno !


Grande e forten abraço a todos !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#8 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 18 Dez 2010 09:38

Ah ! Faço uma pequena observação afim de não causar confusão: citei acima que as flautas soprano são afinadas baseadas no LÁ UNIVERSAL (diapasão) ! Quero dizer que o LÁ é afinado nesta freqüência, e não que a flauta seja afinada em Lá, caso contrário teríamos flautas em Lá, o que não é verdade ! As flautas soprano são construídas com base em afinações em DÓ e em MIb ! Suas engenharias obedecem às leituras de peças escritas para estas afinações ! Já reparou que uma mesma música possui partituras para instrumentos em DÓ, outras em SIb, outras em Fá, outras em MIb ??? Isto, porquê baseiam-se na construção de cada instrumento segundo sua altura, o que determina sua voz !

Outrossim, é que a emissão sonora utilizando-se apenas a cabeça da flauta, não produz sons muito precisos, havendo variações, o que não nos impede de identificar claramente alguns sons ! Assim, o conjunto do instrumento é que proporciona uma afinação clara, propiciando uma percepção nítida ! Até mesmo porquê as flautas são construídas de maneira que respeitem a espessura geral do tubo, adequada àquele tipo de flauta, o que mesmo assim não impede de se incluir uma nova cabeça para a obtenção de uma sonoridade diferente ou melhor !


Abraços !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#9 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 18 Dez 2010 09:50

Digitar as coisas às pressas, só pode acabar em equícocs mesmo ! Por isso o ditado: "A pressa é inimiga da perfeição !". Explico:

Citei que o primeiro harmônico (primeira parcial) era SOL3 ! E tomando-se como FUNDAMENTAL o DÓ3 ! Na verdade, tomamos como fundamental o DÓ2: a primeira parcial (primeiro harmônico) é a oitava (DÓ3); a segunda parcial (segundo harmônico) é SOL3 !

Para uma melhor compreensão, dê uma conferida aqui viewtopic.php?f=95&t=5744 pois trato exatamente sobre a questão dos harmônicos !


Bem, espero não ter 'corrido' com mais nada, senão vou passar o dia retificando posts ! (rsrsrsrs)


Grande e forte abraço aos amigos !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Avatar do usuário
EDY
Mensagens: 1167
Registrado em: 19 Jun 2006 13:05
Localização: São Paulo SP

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#10 Mensagem por EDY » 18 Dez 2010 12:26

Esse é o Carlito (reverencia) !

Saudades de você por aqui.

Grande abraço

Edy



zenjuizo
Mensagens: 3
Registrado em: 02 Dez 2010 13:46

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#11 Mensagem por zenjuizo » 18 Dez 2010 21:59

Carlinhos vou simplificar a pergunta, o que eu quero saber é o seguinte:
Quando sopro somente a cabeça (bocal) da flauta (fica entendido que é o sopro usado para a primeira oitava, a mais grave) qual nota será emitida, é o lá 440hz?

Muito obrigado pela paciência e disponibilidade.
Abraços!!!



Avatar do usuário
CARLINHOS DA FLAUTA
Mensagens: 279
Registrado em: 11 Nov 2008 16:46
Localização: RIO DE JANEIRO

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#12 Mensagem por CARLINHOS DA FLAUTA » 23 Dez 2010 10:12

ZENJUIJO, a nota mais grave emitida pela flauta, é o LÁ1 (440Hz), que corresponde ao LÁ4 do piano ! Não é o LÁ que se ouve ao tocar apenas com a cabeça da flauta, que, dependendo da flauta (fabricante) é o LÁ2 (equivalente ao LÁ5 do piano), cuja freqüência é de 880Hz, ou seja, uma oitava acima do primeiro LÁ emitido na região grave ! Mas isso pode variar devido à habilidade e forma de soprar do instrumentista ! E ainda pode haver variação devido à qualidade ou estado da cabeça ! É muito impreciso ! Como dantes já citei, o conjunto do instrumento (cabeça, corpo e pé) é o que define exata e claramente a afinação de uma flauta, considerando-se os diversos aspectos que a envolve, como a exatidão da rolha de afinação da cabeça em sua colocação; as juntas das partes estarem bem encaixadas, sem folga; a perfeita vedação das chaminés por parte das chaves e sapatrilhas; ausência de folgas e pressões indevidas (má regulagem) das chaves etc..

Quero, também, retificar (mais uma vez ???) uma citação minha neste mesmo tópico: informei, na pressa, que a freqüência do LÁ1 da flauta (LÁ4 do piano) era de 440Hz ! Até aí , tudo bem ! Só que o número de vibrações é de 440/segundo, e, NÃO, de 440/minuto, como dantes eu havia dito ! Perdoem-me mais este eqívoco ! Prometo mais cuidado e menos pressa em minhas futuras digitações !

Ah ! EDY, quantas saudades meu nobre e ilustríssimo amigo e irmão ! Se DEUS quiser, estarei mais freqüente em breve, agora que acabei meu curso, que me tomava muito tempo !

Grande e forte abraço ao também ilustríssimo amuigo e irmão ALEX FREITAS ! Saudades, meu caro ! Devo te ligar em breve !


Abraços a todos !


"Como entender a flauta ? Simples ! Primeiro apenas ouça-a; em seguida, ouça com o coração."

CARLINHOS DA FLAUTA

Alex Freitas
Mensagens: 1911
Registrado em: 15 Jun 2006 17:01

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#13 Mensagem por Alex Freitas » 26 Dez 2010 22:01

Grande Carlinhos, saudades tb.

Sempre acompanho seus posts, aprendo demais,
Forte abraço a todos.


http://www.myspace.com/afsax
http://www.youtube.com/user/AFSAX
Alto Borgani Silver - Vandoren Java A35
Tenor Borgani Silver - Vandoren V5 T35
Clarineta Rossi Rosewood - Charles Bay
Flauta Muramatsu

zenjuizo
Mensagens: 3
Registrado em: 02 Dez 2010 13:46

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#14 Mensagem por zenjuizo » 27 Dez 2010 02:26

Fiz esta pergunta insistente sobre a emissão da nota lá pela cabeça da flauta porquê adiquiri uma flauta e a mesma estava com a rolha de ajuste da afinação em desacordo com as medidas da vara, e quando fui centralizar com a parte marcada da vareta de afinação tive a curiosidade de usar um afinador eletronico e como o ajuste aproximou muito da nota lá, fiz o ajuste, então, usando o diapazão eletrônico, a medida da vareta ficou perfeita e as notas depois tocadas na flauta juntamente com um piano ficaram perfeitas não necessitando aquela ajustadinha do bocal com o corpo (o aumento da distância entre a cabeça e o corpo da flauta para ajustar a afinação com outros instrumentos).
Queria aproveitar e agradecer a sua paciência Carlinhos, muito obrigado você foi muito claro em suas respostas e com certeza ajudou a ampliar meus conhecimentos.
Fique com Deus, logo volto com mais dúvidas!!!

Muito obrigado!!!!



marao
Mensagens: 46
Registrado em: 22 Jan 2010 17:33

Re: FLAUTA TRANSVERSA - Parte VII (Parte final) - CONCLUSÃO

#15 Mensagem por marao » 06 Jun 2013 08:36

Carlinhos,

Estou sempre retornando a estes seus textos, que sao muito precisos.
Procurei esclarecer uma duvida, mas nao achei rela to neles.

O corpo em EC ou CY?
O que significa isto?
Li referencias a uns quastionamentos sobre o primeiro ( EC) ser melhor que o outro e que modificaria completamente o som da flauta?

O que de verdade existe sobre isto?


Obrigado

MArio



Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes